Nutrição

São muitos os desafios no que toca à alimentação infantil e a informação disponível deixa-nos muitas dúvidas quanto às decisões a tomar.

 

Nutrição

São muitos os desafios no que toca à alimentação infantil e a informação disponível deixa-nos muitas dúvidas quanto às decisões a tomar. Por exemplo:

  • Quando começar a oferecer alimentos e como?

  • E as questões continuam durante o primeiro ano de vida. Como evoluir na oferta alimentar até aos 12 meses?

  • Quando o bebé completa 12 meses pode integrar a dieta familiar. Contudo, nem todos os alimentos são os mais adequados para esta idade. Qual o exemplo de um menu diário equilibrado, adaptado aos gostos e crescimento do bebé?

  • A partir dos 15 meses o bebé reduz a sua velocidade de crescimento e isso reflete-se no seu apetite. A recusa alimentar é comum nesta fase e pode estender-se por tempo variado. Mas, como lidar com esta recusa? Estará a comer proteína suficiente?

  • Alimentos mais desafiantes, como os vegetais, são muitas vezes rejeitados pelos mais pequenos. Como ensinar o bebé a gostar deles desde cedo, sem guerras à mesa?

  • As opiniões de várias partes podem criar confusão e pressão aos pais. Como saber se o que o bebé come é suficiente e adequado para crescer saudável e feliz!

Sinta-se confiante para lidar com estas e outras questões! Cada bebé é único, tem preferências alimentares e padrões de crescimento diferentes, e cada desafio deve ser avaliado individualmente, sempre com um olhar centrado nas outras componentes do estilo de vida e na dinâmica familiar.

Receba aconselhamento especializado e individualizado em nutrição infantil, que complementará o acompanhamento do pediatra ou médico de família.

Consulta de nutrição

Agende uma consulta de nutrição, que inclui a avaliação do consumo e do estado nutricional do bebé/criança!

A consulta pretende apoiar pais, fornecendo conhecimento e dicas práticas, baseadas em evidência científica, sobre a melhor oferta alimentar desde o nascimento do bebé à adolescência.

Assim, na Consulta de Nutrição receberão:

  • Um cálculo das necessidades de energia, nutrientes e alimentos, ajustado para a idade, sexo, peso e altura.

  • Uma avaliação do estado nutricional, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde.

  • Recomendações de alimentos e bebidas a oferecer adaptadas à idade e de estratégias positivas, validadas pela ciência e personalizadas à história alimentar partilhada.

  • Recomendações de ajustes no horário e contexto das refeições e na sua composição.

  • Dicas práticas, como listas de alimentos a incluir/excluir da dia-a-dia do bebé/criança e receitas.

Mas, a consulta de nutrição pretende também ajudar os pais com dificuldades ou questões específicas quanto à alimentação do bebé/criança, tais como:

  • O bebé já completou 6 meses e não quer comer.

  • Baby-led weaning ou método tradicional: vantagens de cada método e como complementar?

  • Conseguem as papas caseiras fornecer nutrientes equivalentes às processadas?

  • Como oferecer uma alimentação mais natural ao bebé? Quais as melhores receitas?

  • Dificuldade em planear a ementa semanal do bebé de forma a oferecer variedade.

  • Como poupar tempo sem perder qualidade: preparação, congelação e reaquecimento de refeições.

  • Tem fome antes do horário da refeição ou chegada a hora da refeição não quer comer.

  • Deixou de gostar de uma série de alimentos.

  • É um pisco a comer e tem receio que não ingira nutrientes suficientes.

  • Só gosta de lanches e a ‘comida de prato’ dá luta.

  • Tem um grande apetite e quanto mais afasta os alimentos preferidos mais os pede.

Serviço prestado por Lisa Afonso.